Veja tudo o que você precisa para reunir os amigos: escolha da churrasqueira, tipos e quantidades de carne, temperos adequados.

Reunir os amigos e familiares para um churrasco é um dos melhores programas para um fim de semana. Para realizar um bom churrasco, além da presença de pessoas queridas, é preciso saber escolher e preparar carnes saborosas e de qualidade. O planejamento vai fazer com que haja menos preocupação e mais descontração em seu evento.

Escolha da churrasqueira
A primeira coisa a se fazer é escolher o tipo, modelo e tamanho da churrasqueira. Quanto ao tipo, existem as churrasqueiras em alvenaria, as construídas a partir de kits pré-fabricados e as metálicas, que são adquiridas já prontas em revendas.

Ao escolher a sua lembre-se de que uma boa churrasqueira deve ser fechada nas laterais e na parte de trás, para que haja maior concentração de calor em sua área interior. Também é recomendável a utilização de churrasqueiras em alvenaria, que possuem revestimento interno em tijolos refratários. Elas seguram mais calor em sua área interna, enquanto que as metálicas emitem muito calor para a área externa, podendo resultar em inflamações no corpo humano como, por exemplo, na região do abdomem.

A churrasqueira não deve conter grelha ao fundo para a queda de cinzas na gaveta, pois as cinzas devem ficar dentro da churrasqueira para serem utilizadas na contenção de labaredas. Preocupe-se com os sistemas de graduação das grelhas e locais para espetos.

No mercado existem dois sistemas de regulagem: um é formado por manivelas e correntes que sobem e descem a estrutura de aço inox, que serve como suporte para as grelhas, conforme a necessidade, mas requer muita manutenção; e o outro consiste de vários trilhos ou peças metálicas, instalados em várias alturas, para o encaixe de grelhas e espetos, esse modelo não necessita de muita manutenção e é adquirido a um preço mais acessível.

Escolhendo e preparando o carvão
Não se esqueça de comprar o carvão, a principal matéria-prima para a alimentação da brasa da churrasqueira. Você pode escolher entre os três tipos: o mineral, o compactado e o vegetal, sendo este último o mais encontrado no mercado, o mais utilizado, além de possuir custo mais acessível.

Para garantir uma boa brasa, é preciso adquirir carvão vegetal que esteja completamente seco. Um bom carvão vegetal é aquele vendido em pedaços grandes e não em pó. Forre o fundo da churrasqueira em uma profundidade de 20 cm. Utilize acendedores tipo gel para maior segurança.

Lembre-se que a carne só deve ser levada à churrasqueira após o carvão estar em brasa. A brasa deve ser formada no centro e as laterais devem ser usadas para abastecimento de carvão e as cinzas, usadas na contenção de labaredas.

Calculando a quantidade de carne
Para se calcular a quantidade de carne para um churrasco, lembre-se que haverá pessoas que consumirão apenas 250 gramas e outras chegarão a consumir até 1 kg de carne. Então, para calcular a quantidade, recomenda-se 400 a 600 gramas de carne para adultos e 300 gramas para cada criança.
Mas se você for servir vários tipos de carne, aumente as quantidades por tipo de carne, para não arriscar a falta de carne se todos preferirem consumir um só tipo. Leve em conta que além de carne, seus convidados irão consumir também acompanhamentos (pão de alho, saladas, farofas, arroz, aperitivos, vinagrete, etc.).

Carnes e temperos
Certifique-se de comprar produtos de qualidade e de boa procedência. Toda a carne do boi é boa se tiver boa procedência. Entre as carnes bovinas mais escolhidas para a realização do churrasco estão: picanha, costela, filé mignon, contra filé, alcatra, cupim, maminha, fraldinha e bisteca, também conhecida como chuleta.

O processo de tempero da carne para churrasco é muito simples. Independentemente da carne, o melhor tempero para o churrasco é o sal grosso. Lembre-se que em um churrasco, a carne deve ficar por cerca de uma hora na temperatura ambiente, isto é, fora da geladeira e ser temperada poucos minutos antes de ser levada à churrasqueira.

Carnes grelhadas x assadas
Defina quais peças serão assadas e quais serão grelhadas. Separe os pedaços grandes de sal para as primeiras, e os pedaços menores para a segunda.
Nas carnes grelhadas, as partes mais grossas dos pedaços devem ficar voltadas ao fundo da churrasqueira que é o setor com mais concentração de calor, sendo que depois de 10 ou 15 minutos (o tempo pode variar conforme a churrasqueira) os pedaços devem ser virados. A peça deverá ser dividida em vários pedaços ou porções e deverá estar a 15 cm da brasa.
Já para assar, a carne é levada à churrasqueira em peça inteira (com cerca de 1 quilo) e deve ficar a uma altura de 60 cm da brasa. Para assar uma picanha, por exemplo, é preciso primeiramente colocá-la no local de forma que a gordura fique voltada para cima e, após cerca de 30 minutos ela deve ser virada.

Dica
A carne nunca deve ser lavada, pois a água irá endurecê-la.

Fonte: http://www.organizesuavida.com.br/portal2010/materias/ver/215/como-organizar-um-churrasco